O óleo essencial da plenitude – Immortelle italicum

Descubra tudo sobre o óleo essencial da plenitude, o Immortelle italicum!

Nome científico: Helichrysum italicum
Família: Asteraceae.
Sinônimos populares: sempre viva, helicrisum, curry plant.
Etimologia: A palavra Helichrysum deriva do grego helio, que significa “sol” e chrysos, que significa “dourado”. O nome é uma alusão a sua flor.
Origem: norte da África, região mediterrânea, Córsega.
Parte utilizada: flores.
Forma de extração: destilação a vapor.
Características do óleo essencial: líquido claro a transparente.
Rendimento: 1 tonelada de flores são necessárias para a produção de 850gr de óleo essencial. Características botânicas: cresce em regiões de altitudes elevadas, com solo seco e pedregoso e muita incidência solar. Apresenta aproximadamente 60cm de altura. Flores em cachos amarelos no ápice do vegetal. Folhas possuem aroma de curry, sendo usadas em saladas.
Cultivo: o melhor momento para a colheita é entre junho e julho, no início da floração.
História da planta: as flores para a extração do óleo essencial da plenitude são colhidas manualmente sem o uso de máquinas. O óleo essencial de Immortelle de origem Córsega é mais rico em acetato de nerila e dionas do que o óleo essencial desta planta destilado em outras regiões, devido as características do solo. Sendo que a época da destilação também influencia na concentração dessas moléculas no óleo essencial. Se a planta for destilada no início da floração, este óleo essencial terၠconcentrações maiores desses componentes moleculares e o óleo essencial terၠa qualidade terapêutica necessária para produzir os efeitos esperados. A immortelle é uma das poucas plantas que conserva a coloração de suas flores depois de secas, sendo usadas para buquês e arranjos florais.

Aromacologia – potencial energético emocional: óleo essencial da plenitude

Imortalizada por seus efeitos rejuvenescedores da pele e da psiquê. Esse aroma possibilita a abertura do coração para a energia invisível que nos afeta. Alguns autores consideram-o o óleo essencial dos reinos dévicos.
ځtil para ser aspergida no ambiente quando as memórias são muito dolorosas para serem relembradas, fazendo com que haja uma desconexação entre o corpo físico e a alma.
Quando a pessoa sente-se só, sem suporte para a compreensão de sua dor, torna-se vulnerável e sem desejo de expôr-se, apenas de proteger-se da tempestade. Esse é o propísito energético da immortelle, dar o suporte psíquico energético para que nos sintamos seguros e protegidos ao expressarmos a dor interna que nos avassala. Esse aroma auxilia a compreensão de que a dor também faz parte do amor e da vida.
Calmante, ameniza sentimentos de medo, choque e fobias permitindo o acesso à força e sabedoria interior.
Quebra o ciclo vicioso das emoções negativas desencadeando pensamentos e ações positivas. Propriedades terapêuticas e principais indicações: emoliente, citofilático, antioxidante, analgésico muscular, antimicrobiano, anti-inflamatório, antifúngico, mucolítico, adstringente, hepatoprotetor, colagogo, anticoagulante (cetonas), antialérgico, antihematoma, antiflogístico, febrífugo e nervino.
Artigo: Dipartimento Farmaco-Biologico, Facoltà di Farmacia, Università degli Studi di Messina, Villagio Annunziata, 98168, Messina, Italy. atnostro@pharma.unime.it
Int J Antimicrob Agents 2001 Sep;18(3):305.
Effects of Helichrysum italicum extract on growth and enzymatic activity of Staphylococcus aureus. Nostro A, Bisignano G, Angela Cannatelli M, Crisafi G, Paola Germano M, Alonzo V.
Abstract:
Helichrysum italicum G. Don (Compositae) is a shrub commonly found in dry, sandy and stony areas of Mediterranean regions. This plant is known for its anti-inflammatory, anti-allergic and antimicrobial activity. The aim of this study was to evaluate the effect of the diethyl ether extract on growth of Staphylococcus aureus (ATCC 6538P, MRSA and MSSA isolates) and the influence of subminimum inhibitory concentrations (subMICs) on some enzymes which are considered virulence factors. The results indicate that the H. italicum extract had an inhibitory effect on S. aureus strains reducing both their growth and some of the enzymes such as coagulase, DNAse, thermonuclease and lipase. Helichrysum italicum extract could be a novel antimicrobial agent, less toxic to human skin and tissues, worthy of further studies.
Benefícios segundo o uso popular: possivelmente o óleo essencial da plenitude é um dos mais antioxidantes que existem. Panacéia para os cuidados com a pele. Regenerador celular, útil na prevenção do envelhecimento precoce da pele e no aparecimento de rugas prematuras. Usado como hidratante para recuperar peles rachadas, ressecadas e danificadas. Também muito usado como cicatrizante, anti-inflamatório e antisséptico. Usado em ferimentos onde o resto falhou, abcesso, acne, furúnculo, alergia, queimadura solar e acidental, dermatite, vitiligo, psoriáse e escara.
Usado em massagem, escalda pés, compressa com argila e fricções para amenizar dores musculares e articulares. Recomendada ainda para entorse, distensãoo e reumatismo.
Na Europa é muito utilizado no combate a hematomas.
Um bom companheiro para os atletas no tratamento de distensões, contrações e todas injúrias que podem advir da prática de esportes. Imunoestimulante respiratório, combate tosse, asma, bronquite crônica e infecções bacterianas que atacam o sistema respiratório.
Pode ser muito útil em compressas frias para acalmar estados febris.
Existem dados bibliográficos franceses de seu uso em caso de otite aguda e crônica.
Excelente equilibrador e fortalecedor nervoso, tanto para o desgaste nervoso de idosos, como para crises nervosas advindas de stress decorrente da vida atribulada dos jovens. Auxilia a recuperar a qualidade do sono, age como antidepressivo e restaura o humor.

Cosmetologia: mundialmente conhecido e reverenciado pelo potencial protetor e regenerador da pele. Utilizado por todos as boas marcas de cosméticos do mundo em produtos para o combate ao envelhecimento celular e prevenção de rugas faciais como cremes hidratantes e loções de cuidados com o corpo. As cetonas presentes nesse OE merecem crédito de excelência em regeneração celular. Uma dado importante é que o OE de immortelle que apresenta maior concentração de cetonas é aquele cuja planta foi colhida no início da floração.

Componentes moleculares: esteres (acetato de nerila), cetonas (dionas), hidrocarbonetos monotepênicos (pineno, campheno, myrceno e limoneno); alcóois monoterpênicos (linalol, terpine- 4-ol, nerol, geraniol).

Toxicidade: pode apresentar efeitos indesejáveis em gestantes pela neurotoxidade das cetonas. Não possui nenhum efeito sensibilizador da pele.

Contraindicações: não recomenda-se o uso durante a gestação.

Fontes: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/11397624
Adquira o óleo essencial da plenitude em nossa loja virtual:
Compartilhe este artigo

Escrever um comentário