Óleos essenciais e Vegetais - Terra Flor Aromaterapia
 

LAVANDULA ANGUSTIFOLIA, LAVANDULA ASPIC E LAVANDIN: ENTENDA AS DIFERENÇAS

27/12/2017 | Artigos | Aromaterapia

Lavandula é o gênero de plantas com flores que pertecem à família Asteraceae, como as mentas, orégano, alecrim, etc. Todas elas são apreciadas pelo cheiro e cores de suas flores.
Você sabia que existem em média 39 espécies de plantas com flores que pertencem ao genêro Lavandula?

A Lavanda ou Lavandula angustifolia ou Lofficinalis ou simplesmente Lavanda fêmea, é utilizada para fins medicinais. Ela possui um aroma mais delicado e os galhos são únicos. Os arbustos da Lavandula angustifolia são mais baixos e arredondados, crescendo em altitudes mais elevadas (como podemos ver na imagem, a partir de 500m).

Já a Lavanda aspic (Lavandula latifolia) é conhecida como Lavanda macho ou Lavanda das folhas largas. Diferencia-se da Lavandula angustifolia por seu porte elevado e sua longa haste oral portando mais de uma inflorescência. Esta espécie desenvolve-se bem em altitudes abaixo de 500m, em terrenos secos/calcários e suporta bem o calor. 

Muitas espécies de plantas surgem espontaneamente através da polinização por cruzamento de espécies feita pelas abelhas, como é o caso do Lavandin ou Lavandula hybrida, que são os arbustos resultantes da polinização entre a Lavandula angustifolia (fêmea) com a Lavandula latifolia (macho). O Lavandin se desenvolve bem em campos de menores altitudes, possui flores com uma consistência mais rígida e, por isso, o rendimento da extração de óleo essencial é maior e o preço mais acessível. O Lavandin é muito utilizado na produção de sabonetes e perfumes.

Foto retirada em Provence, na França.


S.A.C. +55 (062) 3446.2162

atendimento@terra-flor.com

Email exclusivo para atendimento da loja virtual

lojavirtual@terra-flor.com


Política de Troca e Devoluções


[ADMIN] Copyright © 2009-2016 TERRA FLOR AROMATERAPIA. Todos os direitos reservados.