Óleo essencial da sensualidade – Sândalo amyris

Óleo essencial da sensualidade – OE de Sândalo amyris
Amyris balsamifera

Família: Rutaceae.

Sinônimos populares: sândalo ocidental, sândalo dos pobres.

Etimologia: Amyris provém do grego Amyron que significa “intensamente fragrante”.

Origem:  América Central.

Parte da planta utilizada: lascas das cascas picadas.

Forma de extração: destilação a vapor.

Rendimento: nenhuma referência encontrada na literatura pesquisada.
Características da planta: É uma árvore de médio porte que chega a alcançar de 5 a 13m de altura. Cresce em estado selvagem nas encostas do Haiti. Produz uma bela flor branca. Ao contrário do santalum album, onde o Óleo Essencial encontra-se no cerne, o Óleo Essencial da Amyris balsamifera encontra-se nas lascas do caule. Existe pouca documentação acerca deste Óleo Essencial, talvez devido ao fato de que até 1886 essa árvore era chamada de Schimmerelia oleisera. Foi nessa data que Kirby and Holmes estudaram essa árvore e através de exames microscópicos de suas folhas, modificaram o nome botânico de Schimmerelia oleisera para Amyris balsamifera. (http://EzineArticles.com/649279).

No Haiti é conhecida como “madeira de vela” devido sua madeira possuir alto teor de óleo, tornando-a incandescente. Era usada como tocha para iluminar o caminho. Internacionalmente, também é conhecida como “sândalo ocidental” ou ainda, ”sândalo dos pobres”.

Propriedades terapêuticas e principais indicações do óleo essencial da sensualidade:
Cardiotônico, usado para fortalecer o músculo cardíaco fatigado.
Analgésico, sedativo e cicatrizante da pele, útil para aliviar queimaduras solares, coceiras, rachaduras do calcanhar e dos cotovelos. Hidratante, citofilático, regenerador de tecidos, amacia e regenera a pele madura, reduzindo os sinais do tempo. Trata acne e psoríase.

Na medicina popular este óleo essencial é usado como coagulante em pequenos sangramentos em cortes e ferimentos leves. Apresenta bons resultados como cicatrizante e anti-inflamatório em feridas e cortes, o que pode ser constatado pela presença majoritária de sesquiterpenos em sua composição química.

O grau de eficácia das propriedades citadas abaixo, não possuem comprovação de pesquisas e testes científicos, são apenas indicações empíricas de utilização popular.

Antimicrobiano, usado em banhos de assento para aliviar os sintomas de ardência e coceira de cândidíase e cistite; Por ser associado a propriedades antissépticas, é amplamente usado pelos nativos do Haiti em compressas para fazer limpeza de feridas e na recuperação do períneo da mulher após o parto.

Expectorante; Antiespasmódico; Utilizado em massagens e compressas para acalmar tosse e laringite; Descongestionante do sistema linfático e venoso. Coadjuvante no combate de edemas, varizes e hemorróidas.
Calmante do sistema nervoso, coadjuvante em tratamentos de síndrome de pânico.

Afrodisíaco, desperta o desejo sexual, estimula a libido feminina e masculina.

Por ser um óleo essencial com a maioria de notas perfumísticas baixas é muito apreciado na indústria cosmética e perfumística como fixador.
Em 2006, foi realizado um estudo intitulado de “Estudo da atividade repelente e larvicida de mosquitos de cinco óleos essenciais”. Este estudo comparou a eficiência repelente dos seguintes óleos essenciais: tomilho, amyris balsamifera, eucalipto citriodora e canela. Três espécies de mosquitos foram testadas e o Óleo Essencial de amyris balsamifera demonstrou o maior efeito inibitório nas larvas.

Componentes moleculares:
Hidrocarboneto sesquiterpênico: 30% cariofileno;
Álcool sesquitepênico: 70% cadinol;
Cumarina: balsamiferona, hidroxisuberosina.

Toxicidade: nenhuma referência encontrada na literatura pesquisada.
Contraindicações: nenhuma referência encontrada na literatura pesquisada.

Aromacologia: óleo essencial da sensualidade
Seu aroma exótico nos remete ao oriente. Ameniza a tensão nervosa, eleva o espírito facilitando a abertura do coração. Faz a ponte entre o chakra básico e o coronário.

Aporta harmonia e confiança ao ambiente favorecendo a intimidade nos relacionamentos, propícia a expressão dos sentimentos, envolvendo o casal num clima de cumplicidade e ternura.

Traz naturalidade, espontaneidade e sacralidade ao ato sexual, preenche o ambiente com segurança e equilíbrio, conduzindo a mente ao estado meditativo criando assim a possibilidade de um relacionamento maduro, fundindo as almas no nível espiritual.

Indicado para pessoas vazias do sentimento sagrado do ato sexual, que recriminam ou banalizam a sexualidade e para aqueles que possuem dificuldade em se soltar e confiar.

Formas de uso:
Amaciar a pele: adicione 10 gotas de óleo essencial de sândalo amyris, 10 gotas de óleo essencial de gerânio e 10 gotas de óleo essencial de limão siciliano ao óleo de massagem;
Banho Relaxante Oriental: dilua 25 gotas de óleo essencial de sândalo amyris em uma colher de sopa de leite de coco. Adicione tudo a água quente da banheira. Relaxe por 30 minutos;
Combater pequenos sangramentos em pequenas lesões, cortes, etc.: dilua 03 gotas de óleo essencial de sândalo amyris em 01 colher de sopa de óleo vegetal e aplique a mistura diretamente no local para estancar o sangramento e auxiliar o processo de cicatrização;
Favorecer a meditação: adicione 8 gotas de óleo essencial de sândalo amyris, 4 gotas de óleo essencial de cedro Atlas, 4 gotas de óleo essencial de olíbano no difusor ambiental;
Óleo dos amantes: adicione 40 gotas de óleo essencial de sândalo amyris, 20 gotas de óleo essencial de sálvia sclarea em 120ml de sinergia vegetal. Massageie o corpo e os órgãos sensíveis ao prazer do parceiro;
Para os momentos íntimos: aromatização ambiental do quarto, adicione 8 gotas de óleo essencial de sândalo amyris, 2 gotas de óleo essencial de ylang-ylang, 3 gotas de óleo essencial de pau-rosa e 2 gotas de óleo essencial de pimenta preta ao difusor ambiental;
Perfume: adicione 10ml de óleo essencial de sândalo amyris em 100ml de álcool 70%.

Adquira o óleo essencial da sensualidade em nossa loja virtual. Clique aqui.

Compartilhe este artigo

Escrever um comentário

error: Atenção: Conteúdo protegido!