Repelente com óleos essenciais: fórmula é aprova na ANVISA

A busca por repelentes para afastar o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya e do zika vírus eficientes e seguros para o uso no corpo humano, levou o dermatologista Djalma Marques e a engenheira química Fátima Fonseca a buscarem um repelente com óleos essenciais, uma formulação com produtos naturais, sem a presença de DEET, aditivo químico comum entre os repelentes comercializados. O DEET, segundo os pesquisadores, já foi proibido em alguns países por ser considerado agente mutagênico das células da pele.

A formulação do repelente com óleos essenciais que tem como base o óleo vegetal de andiroba, a sinergia dos óleos essenciais de cravo, citronela, alecrim e probióticos – microrganismos que repõem as substâncias da pele perdidas durante o banho com sabonetes comuns -, foi a provada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), e pode ser usada por grávidas e bebês recém nascidos. O projeto de criação da fórmula foi baseada em evidências de uso nas comunidades indígenas, aprovado no ministério de ciência e tecnologia e financiada pela FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos). Segundo os pesquisadores não há contra indicação para o uso desse repelente.

Pesquisas são realizadas sem medir esforços, porém precisamos também focar na eliminação dos insetos. Para isso toda a conscientização da sociedade é necessária, afirmam os pesquisadores.

Texto na íntegra acessível em: http://g1.globo.com/pernambuco/noticia/2015/12/dermatologista-pernambucano-cria-repelente-natural-contra-o-aedes.html

Dica Terra Flor – Repelente com óleos essenciais:

Bebês, crianças até 5 anos de idade e idosos:
Em 30ml de óleo vegetal de andiroba pingue: 10 gotas de óleo essencial de alecrim qt. Cineol,  12 gotas de óleo essencial de  citronela e 5 gotas de óleo essencial de cravo folha. Agite bem e passe no corpo nas áreas expostas e curta o verão junto a sombra das árvores.

Adultos:
Em 30ml de óleo vegetal de andiroba pingue: 15 gotas de óleo essencial de alecrim qt. Cineol,  25 gotas de óleo essencial de  citronela e 15 gotas de óleo essencial de cravo folha. Agite bem e passe no corpo nas áreas expostas e curta o verão junto a sombra das árvores.

Compartilhe este artigo

5 Comentários

  • Flávia Nascimento

    Bom dia
    Sobre a receita repelente com oleo natural, citado acima 30 ml oleo de andiroba, 15 gotas de alecrim, 25 gotas de citronela e 15 gotas de cravo folhas. Gostaria de saber se essa formulação é segura. Conversei com a professora de cosmeticos ela acha que poderia ser o mesmo tanto de gotas oleos essenciais para 120 ml de oleo de andiroba. Mas o meu questionamento tb será que terá efeito de repelente com essa diluição. Pois dilui para 60 ml de oleo de andiroba e percebi que diminuiu a eficacia em relação aos pernilongos.
    Preciso de que me ajude, aguardando respostas.
    Flávia

    • Terra Flor Aromaterapia

      Olá! Boa tarde. Como vai?
      Essa formulação é sim segura. Por se tratar de um repelente, a diluição usada foi a de 8%, para garantir a eficiência em relação aos pernilongos.

      Qualquer dúvida, estamos à disposição.

  • Flávia Nascimento

    Pesquisei sobre o dermatologista Pernambucano Djalma Marques.
    Muito interessante.
    Muito Grata.

  • FABIANE MAGGIONI DA FONSECA

    Bom dia, o óleo de andiroba poderia ser substituído pelo óleo de semente de uva?
    Desde já agradeço,
    Fabiane

    • Terra Flor Aromaterapia

      Olá, Fabiane! O óleo vegetal de Andiroba é tradicionalmente usado pelas comunidades indígenas como coadjuvante nos cuidados ao tecido inflamado, em picadas de insetos e desequilíbrios da pele como vermelhidão, ferimentos leves e edemas. A partir de estudos comprovou-se que o potencial é eficaz e seguro, fazendo dele muito utilizado em formulações como repelente a insetos. O óleo vegetal de Semente de uva não tem o mesmo potencial da Andiroba. Por isso, indicamos em receitas de repelentes, o uso da Andiroba! Caso só tenha o de Sementes de uva utilize-o em sinergia aos óleos essenciais. Ele agirá como carreador.

      Qualquer dúvida, estamos à disposição.

Escrever um comentário

error: Atenção: Conteúdo protegido!