Identifique no rótulo

A qualidade e eficácia de um óleo essencial dependem de uma série de fatores. Saiba como identificar em nossos rótulos as informações que definem o óleo essencial que você está buscando.

1. COLEÇÃO TERRA FLOR

Nossos produtos são divididos famílias de produtos, chamadas de Coleções. Na Coleção Essencial estão os óleos essenciais. Na Coleção Sinergias as Sinergias. Na Coleção vegetal. E assim por diante… Conheça todas as nossas coleções clicando aqui.

2. NOME DO ÓLEO ESSENCIAL

É o que chamamos de nome comercial e muitas vezes é igual ao nome popular da planta que lhe dá origem. Algumas vezes é utilizado o nome comercial mais amplamente utilizado, mesmo que o nome popular seja outro, como por exemplo o lemon grass, cujo nome popular é capim-limão.

3. QUIMIOTIPIA

Os óleos essenciais estão sujeitos a variações químicas. Estas variações decorrem de condições ambientais, tais como radiação solar, constituintes do solo, disponibilidade de água, temperatura, pressão atmosférica, ataque de predadores, etc…

Por isso, a produção dos compostos químicos poderá variar dentro de uma mesma espécie. Produzem-se assim, espécies idênticas com raças diferentes, ou seja, a mesma planta produz constituintes químicos diferentes ou em percentuais variáveis, dependendo de onde cresce e quais condições enfrentou. É isso o que chamamos de quimiotipia.

Os óleos essenciais sujeitos a variações de quimiotipia terão o nome de seu principal constituinte identificados com as iniciais Qt. logo após o nome. Aqueles que não estão sujeitos a variação quimiotípica são identificados somente pelo nome.

4. NOME CIENTÍFICO DA PLANTA

Para que não haja dúvida sobre qual variedade botânica foi utilizada na extração do óleo, a planta deverá ser identificada pelo nome científico em latim que a define.

5. NOMECLATURA INCI (INTERNATIONAL NOMECLATURE OF COSMETIC INGREDIENTS)

Sendo o Brasil signatário do sistema INCI (International Nomeclature for Cosmetic Ingredients) de identificação de ingredientes cosméticos, todos nossos produtos são identificados por este padrão reconhecido internacionalmente e regulado pela Comunidade Europeia. Assim como o nome científico, o nome INCI garante a correta identificação em qualquer lugar do mundo.

6. FORMA DE OBTENÇÃO

A grande maioria dos óleos essenciais são obtidos por destilação por arraste a vapor. Óleos essenciais de frutas cítricas, no entanto, são extraídos por prensagem a frio. A Terra Flor também trabalha com matérias primas obtidas sob pressão de gás carbônico e solventes naturais (álcool etílico), no caso dos absolutos.

7. ORIGEM

Identifica a procedência de cultivo e extração do óleo essencial.

8. TIPO DE CERTIFICAÇÃO

Nossos produtos podem receber 3 tipos de selos: SISORG Orgânico e IBD Orgânico para produtos orgânicos ou IN – Ingredientes Naturais.

SELO ORGÂNICO
Aferido pelo Ministério da Agricultura

SELO ORGÂNICO
Aferido pelo IBD

Os selos SISORG Orgânico e IBD Orgânico (acima) são na maioria das vezes utilizados juntos e ambos identificam que o produto é orgânico.

Quando um produto é certificado orgânico, a presença do selo SISORG é obrigatória, enquanto o selo IBD Orgânico é opcional.

SELO INGREDIENTES NATURAIS
Aferido pelo IBD

O selo Ingredientes Naturais (acima) atesta que na composição do produto não existe a presença de qualquer componente sintético, derivado de petróleo ou que não seja obtido diretamente de matérias primas naturais.

Comprova também que no processo de extração dos óleos essenciais, vegetais, sinergias e demais matérias primas não houve a adição de qualquer tipo de solvente derivado de petróleo. É a certeza de que você está usando um produto 100% natural e puro.