Gengibre Fresco 5ml

R$98,00

Em estoque

Óleo essencial do poder pessoal

Nome cientifico: Zingiber officinale Roscoe
Origem: África do Sul
Obtenção: destilação a vapor dos rizomas frescos
Coleção: Terra Flor Essencial 10ml
Certificação: IBD Ingredientes Naturais
Selo IBD - Ingredientes Naturais, para produtos sem aditivos.

Aroma penetrante promove o enraizamento, direcionando a mente, dissipando as dúvidas.
Desamarra as restrições das habilidades individuais.
Afrodisíaco masculino.
Auxilia na expulsão de gases intestinais, para cuidar de dispepsias, flatulências e indigestões.
Potencial expectorante, usado nos cuidados de tosses com catarro.
Antálgico, anti-inflamatório, pode ser de grande ajuda nos cuidados a reumatismos.
Um dos primeiros óleos essenciais utilizados nos cuidados das articulações doloridas, inflamadas.
Tônico sexual e afrodisíaco, conhecido e apreciado mundialmente. Tem sido usado para cuidar da andropausa e falta de libido masculina.

Se usado puro sobre a pele pode causar irritação em peles mais sensíveis. Pessoas que usam anticoagulantes devem procurar usar este OE com orientação de aromaterapeuta qualificado.

Faça o seu Login ou assine nossa Newsletter para liberar o download do Cromatografia.


Gengibre – Zingiber officinale Roscoe

Os rizomas do gengibre são amplamente utilizados na medicina ayurvédica e chinesa, como também na indústria alimentícia e na perfumaria.
Os aromas da destilação dos rizomas frescos e dos rizomas secos são bem diferentes.
O óleo essencial do rizoma fresco tem uma nota mais picante e adstringente, notas altas de cabeça do aroma.
Já as do rizoma seco serão mais amargas e amadeiradas, notas baixas de cauda do aroma.
Ambos são muito agradáveis, e recomendamos a experiência com ambos para ver qual você prefere.

O óleo essencial de Gengibre Fresco da terra Flor é feito dos rizomas  recém-colhidos, em vez de secos, dando-lhe um aroma picante, refrescante e intenso, muito apreciado por todos que já sentiram.
Aproximadamente cerca de 150Kg de rizomas frescos são necessários para obtermos 1Kg de óleo essencial .
O uso histórico desta planta é geograficamente e culturalmente vasto.
De acordo com a medicina ayurvédica, o gengibre na Índia é conhecido pelo nome de Viswabhesaj, que significa, remédio universal (4).
O Zingiber officinale é nativo dos locais costeiros tropicais da Índia e é cultivado na maioria das regiões tropicais e subtropicais: Jamaica, sudoeste da Índia, Indochina, Sri Lanka (anteriormente Ceilão), África Ocidental, sul da China, sul do Japão, América Central, Madagascar, Zanzibar, Indonésia, noroeste da Austrália, Haiti, República Dominicana, Cuba e outras áreas das Índias Ocidentais (1).
É considerado um dos temperos mais antigos e importantes, era conhecido e altamente estimado pelos antigos gregos e romanos que obtiveram a especiaria dos comerciantes árabes através do Mar Vermelho (2).
Simplesmente inalar o aroma de gengibre poderá trazer vários benefícios, desde acalmar dor de cabeça, estimular a digestão e a libido. Foi relatado por etnobotânicos que mulheres no Senegal usam os rizomas de gengibre na confecção de cintos com o objetivo de despertar os sentidos adormecidos dos seus maridos (3).

Aromacologia

Óleo Essencial do poder pessoal
Aroma penetrante, picante e refrescante.
Promove o enraizamento, direcionando a mente, dissipando as dúvidas.
Aporta coragem e incentiva o sentimento de ser capaz.
Acalma a raiva, o medo e a ansiedade que pairam sobre o plexo solar.
Facilita o posicionamento e acalma a apreensão em corresponder as expectativas do outro.
Desamarra as restrições das habilidades individuais.
Afrodisíaco masculino.
Formas de uso: ACAFVIMSTL

Cosmética

Usado na confecção de pomadas coadjuvantes na redução de inflamação muscular e articular. Formas de uso: FLM
Auxilia tratamentos de emagrecimento. Usado no óleo vegetal em massagens para redução de gordura localizada. Formas de uso: FLM

Usos tradicionais

Na doutrina das assinaturas, que é um método que relaciona a forma de uma planta a um órgão, ou sistema do corpo humano. A raiz do gengibre mostra uma afinidade com o sistema digestório.
Esta relação mostra a ligação entre a raiz de gengibre e a sua utilidade para doenças digestivas.
Na medicina popular é muito utilizado para expelir gases intestinais, para cuidar de dispepsias, flatulências e indigestões (4). Formas de uso: ABCAFLFPFVIMS
Potencial estimulante da secreção gástrica e do peristaltismo intestinal, aumenta a atividade das enzimas digestivas (maltases, lipases, sacarases, tripsinas e quimotripsinas), sendo por isso usado para combater a constipação intestinal e como digestivo (4). Formas de uso: CFLFPIM
Tônico sexual e afrodisíaco, conhecido e apreciado mundialmente. Tem sido indicado para a andropausa e falta de libido masculina. (4).Formas de uso: FPFVIM
Potencial expectorante, usado nos cuidados de tosses com catarro (2).
Antálgico, anti-inflamatório, pode ser de grande ajuda nos cuidados a reumatismos (2). Formas de uso: CFLM
Um dos primeiros óleos essenciais utilizados nos cuidados das articulações doloridas ou inflamadas.
As propriedades anti-inflamatórias do OE de gengibre já foram testadas e comprovou-se de que esse OE inibe a síntese das prostaglandinas e tramboxano in vitro (ácidos graxos modificados), agentes que desencadeiam processos inflamatórios e dolorosos. Devido a essa ação o óleo essencial de gengibre fresco também é usado como relaxante muscular e para acalmar dores musculares, articulares e reumáticas (4). Formas de uso: CFLM
Na medicina popular é usado para cuidar e auxiliar como coadjuvante para acalmar a dor de artroses, artrites deformantes, febre reumática (4). Formas de uso: CFLM

Segurança No Uso

pessoas que usam anticoagulantes devem prestar atenção no uso deste OE.

Vishwa Schoppan
Bióloga, Ecóloga, Aromaterapeuta.

Referências:

  1. Bowles, E. Joy. The Chemistry of Aromatherapeutic Oils, 3rd ed., 2003.
  2. Guenther, Ernest. The Essential Oils, Vol. V, 1952.
  3. Valnet, M.D., Jean. The Practice of Aromatherapy, 1990.
  4. Faucon M. Traité D’Aromathérapie Scientifique et Medicale Les Huiles essetilles. (3 ed). Paris: Éditions Sang de la Terra, 2017.

Legenda das Formas de Uso:

OE = óleo essencial
OV = óleo vegetal
CS = colher de sopa

ADVERTÊNCIA: teste o OE sempre que estiver sendo usado pela primeira vez. Para isso, pingue 2 gotas de OE nas axilas, na parte interna do cotovelo e atrás da orelha. Espere por 12hs e observe. Caso apresente alguma reação alérgica, não recomendamos o uso deste OE. Realize este teste mesmo se o OE estiver diluído a um veículo carreador.

A quantidade de gotas de OE sugeridas dependerá da intensidade do aroma do OE escolhido. Alguns OE possuem aroma mais intenso, utilize quantidades menores. Use sempre diluições mínimas em crianças, idosos e gestantes.

AAromatização Ambiental: Pingue mais ou menos 12 gotas de OE na água do difusor ambiental. Adicione mais ou menos gotas de acordo com a intensidade do aroma.

BBanho de Imersão (banheira ou ofurô): Para aromatizar a água do banho, dissolva de 7 até 21 gotas de OE em 3 CS de leite de côco. Adicione mais ou menos gotas de acordo com a intensidade do aroma. Dissolva a mistura na banheira ou ofurô. Nunca use OE diretamente na banheira sem diluição em veículo carreador.

CCompressa local com água ou argila: Pingue de 5 até 10 gotas de OE em 1 CS de OV e dissolva na água fria ou quente. Use uma toalha para fazer a compressa. Na argila, pingue 3 gotas de OE para 1 CS de argila, adicione água ou água floral até formar uma pasta consistente. Use quantas CS de argila forem necessárias para formar uma pasta que cubra toda a área a receber a compressa.

CAColar Aromático: Pingue 3 gotas de OE no algodão e acomode-o no orifício do colar. Adicione mais gotas toda vez que o aroma acabar.

FLFricção Local: Dilua de 3 até 5 gotas de OE em 1 CS de OV e fricione a área afetada.

FPFricção Plantar: Pingue 3 gotas de OE diretamente na planta de cada pé e friccione. Para OE dermoagressivos friccione diretamente pé com pé, não utilize as mãos.

FVFricção Vertebral: Dilua 6 gotas de OE em 1 CS de OV e aplique na coluna vertebral friccionando a pele vigorosamente.

IInalação:
- no lenço, pingue 3 gotas de OE;
- no inalador própro para uso de OE, pingue 5 gotas;
- no pulso, pingue 2 gotas de OE e friccione com o pulso da outra mão.

MMassagem: Adicione de 50 a 70 gotas de OE em 120ml de OV e utilize-o na massagem.

SSpray: Adicione 40 gotas de OE de sua preferência em uma solução de 60ml de álcool de cereais e 40ml de água deionizada. Use com um frasco spray.

Os comentários estão desativados.