Tea Tree Limão 5ml

R$58,00

Em estoque

Óleo essencial da ASSEPSIA

TEA TREE LIMÃO 5ml
Nome cientifico: Leptospermum petersonii F.M. Bailey
Origem: Austrália
Obtenção: destilação a vapor das folhas
Coleção: Terra Flor Essencial 5ml
Certificação: IBD Ingredientes Naturais

Selo IBD - Ingredientes Naturais, para produtos sem aditivos.

O óleo essencial de Tea tree limão possui um aroma fresco e cítrico.
É um potente antisséptico, sendo útil em casos de infecções respiratórias.
Age como analgésico, anti-inflamatório articular e muscular.
Auxilia em distúrbios digestivos e na eliminação de edemas.

Desaconselhável o uso durante toda a gestação e lactação.

Faça o seu Login ou assine nossa Newsletter para liberar o download do Cromatografia.

TEA TREE LIMÃO Leptospermum petersonii F.M. Bailey

Leptospermum petersonii, é um possui o aroma de tea tree com suaves nuances do aroma de limão siciliano. É um arbusto alto para pequena árvore, cresce no máximo até 5 metros, é originário naturalmente da Austrália, e cresce perto de floresta esclerófila ou floresta tropical, em escarpas rochosas ou arenosas, na costa leste da Austrália, sendo hoje cultivado em parte da África. É utilizado como planta ornamental e para a extração de óleos essenciais. Possui folhas simples, com 20–40 mm de comprimento, as flores são brancas, seguidas de cápsulas lenhosas.

Aromacologia

Óleo essencial da assepsia
Apresenta poder sedativo parecido com o óleo essencial de Lemongrass.
Calmante e relaxante, ajuda no nervosismo de forma suave.
Restaura o otimismo.
Formas de uso: ABCAHIMPS

Cosmética

Apresenta potentes propriedades antissépticas, sendo útil no tratamento de diversos problemas de pele como micoses e psoríase. Formas de uso: CHMT
Promove uma pele mais saudável, eliminando micróbios e fungos.Formas de uso: HMT
Promove também o processo de cicatrização através da regeneração celular e o desenvolvimento de tecido cicatricial para fechar as feridas.Formas de uso: T
Propriedades anti-inflamatórias ajudam a limpar erupções cutâneas, acne e algumas reações alérgicas.Formas de uso: CHT

Usos tradicionais

O óleo essencial de tea tree limão (Leptospermum petersonii) tem propriedades terapêuticas semelhantes ao óleo essencial de tea tree (Melaleuca alternifolia), possui potencial antibacteriano, antifúngico e antisséptico. Formas de uso: BACFPT
Excelente opção  quando se tem necessidade de se obter propriedades antimicrobianas.
Melhora a função respiratória, auxilia a resgatar a fluidez dos processos pulmonares, estimula os brônquios e afinando o muco, consequentemente, alivia o congestionamento respiratório.Formas de uso: FPIV
Tem sido usado na medicina popular australiana como um estimulante impressionante para a maioria dos sistemas orgânicos do corpo. Formas de uso: FP
Tem sido usado também para a assepsia em ferimentos.Formas de uso: T
Promove a eliminação de toxinas do corpo, reduz dores de cabeça, alivia dores nas articulações e libera a tensão muscular. Formas de uso: BFPM
Seu alto conteúdo entre 70 a 80% de citral confere-lhe um agradável aroma de limão.
A molécula de citral, um de seus componentes majoritários  é frequentemente útil para mascarar odores, especialmente o cheiro de fumaça, tabaco, entre outros odores desagradáveis.Formas de uso: AS
Também contém citronelal, citronelol e geraniol, tornando-se um repelente de insetos eficaz.Formas de uso: AHS

Um estudo publicado em 2010 pelo Medical Mycology, comprovou o valor do óleo essencial de tea tree limão no tratamento de Candida albicans e Aspergillus fumigatus.
Candida albicans é um fungo oportunista que faz parte da nossa flora intestinal normal. Com um sistema imunológico saudável e uma dieta integral e equilibrada, tudo está bem. No entanto, o estilo de vida stressante e ocupado afeta o sistema imunológico. O resultado pode ser que a Candida albicans começe a crescer e alterar o equilíbrio das bactérias no sistema digestório.
Um desequilíbrio da microbiota dos fungo no trato gastrointestinal pode causar desconforto, como inchaço, gases e diarréia. Outros sintomas podem incluir constipação, dores de cabeça, ganho de peso, confusão mental e sensibilidades alimentares. Leveduras ou fungos também podem crescer na boca, na pele e podem causar infecções vaginais recorrentes.
O Aspergillus fumigatus é outra infecção fúngica que coloca em risco sistemas imunológicos debilitados ou suprimidos. A pesquisa provou que o óleo essencial de tea tree limão pode ser bem-sucedido na eliminação de Candida albicans e Aspergillus fumigatus ao danificar as membranas que cercam seus esporos. Formas de uso: BAFPFVM

Usos alternativos para óleo essencial de tea tree limão: limpeza de superfícies. Muitos de nós está com o uso de produtos químicos no meio ambiente e, especialmente, em nossas casas. Fazer as nossas próprias soluções de limpeza em casa nunca foi tão fácil. As propriedades antibacterianas do óleo essencial de tea tree limão são bem-vindas para uma rotina de limpeza em nossas casas. O cheiro de tea tree limão é edificante e amado por muitos. Faça você mesmo um produto de limpeza geral, é muito fácil! Adiçione  uma xícara de vinagre, uma colher de chá de sabão natural e 20 gotas de óleo essencial de tea tree limão em um frasco de spray. Encha o resto do frasco de spray com água e aproveite os benefícios desta solução de limpeza doméstica.

Sua potência e aroma agradável fazem desta planta nativa um ótimo óleo essencial na aromaterapia.
Devido sua alta potência, apenas pequenas quantidades são necessárias.

Segurança no Uso

Desaconselhável o uso durante toda a gestação e lactação.

Vishwa Schoppan
Bióloga, Ecóloga, Aromaterapeuta.

Referências:

  1. Maia F M., Moore J S. Plant-based insect repellents: a review of their efficacy, development and testing. Published online 2011 Mar 15. doi: 10.1186/1475-2875-10-S1-S11. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3059459/ Acessado em: 21/07/2018

Legenda das Formas de Uso:

OE = óleo essencial
OV = óleo vegetal
CS = colher de sopa

ADVERTÊNCIA: teste o OE sempre que estiver sendo usado pela primeira vez. Para isso, pingue 2 gotas de OE nas axilas, na parte interna do cotovelo e atrás da orelha. Espere por 12hs e observe. Caso apresente alguma reação alérgica, não recomendamos o uso deste OE. Realize este teste mesmo se o OE estiver diluído a um veículo carreador.

A quantidade de gotas de OE sugeridas dependerá da intensidade do aroma do OE escolhido. Alguns OE possuem aroma mais intenso, utilize quantidades menores. Use sempre diluições mínimas em crianças, idosos e gestantes.

AAromatização Ambiental: Pingue mais ou menos 12 gotas de OE na água do difusor ambiental. Adicione mais ou menos gotas de acordo com a intensidade do aroma.

BBanho de Imersão (banheira ou ofurô): Para aromatizar a água do banho, dissolva de 7 até 21 gotas de OE em 3 CS de leite de côco. Adicione mais ou menos gotas de acordo com a intensidade do aroma. Dissolva a mistura na banheira ou ofurô. Nunca use OE diretamente na banheira sem diluição em veículo carreador.

BABanho de Assento: Dilua 10 gotas de OE em 5 CS de leite de côco e adicione à água fria do banho de assento.

CCompressa local com água ou argila: Pingue de 5 até 10 gotas de OE em 1 CS de OV e dissolva na água fria ou quente. Use uma toalha para fazer a compressa. Na argila, pingue 3 gotas de OE para 1 CS de argila, adicione água ou água floral até formar uma pasta consistente. Use quantas CS de argila forem necessárias para formar uma pasta que cubra toda a área a receber a compressa.

CAColar Aromático: Pingue 3 gotas de OE no algodão e acomode-o no orifício do colar. Adicione mais gotas toda vez que o aroma acabar.

FPFricção Plantar: Pingue 3 gotas de OE diretamente na planta de cada pé e friccione. Para OE dermoagressivos friccione diretamente pé com pé, não utilize as mãos.

HHidratação:
- para o rosto dilua 1 gota de OE em 1 CS de OV;
- para o corpo pingue 60 gotas de OE em 120ml de OV, ou dilua o OE em qualquer outro veículo carreador (argila, creme, loção ou manteiga vegetal);
- para os cabelos pingue 5 gotas de OE em 1 CS de OV para hidratar a ponta dos fios.

IInalação:
- no lenço, pingue 3 gotas de OE;
- no inalador própro para uso de OE, pingue 5 gotas;
- no pulso, pingue 2 gotas de OE e friccione com o pulso da outra mão.

MMassagem: Adicione de 50 a 70 gotas de OE em 120ml de OV e utilize-o na massagem.

PPerfume: Use algumas gotas de OE como perfume natural. Nunca use óleos essenciais cítricos diretamente na pele e exponha-se ao sol.

SSpray: Adicione 40 gotas de OE de sua preferência em uma solução de 60ml de álcool de cereais e 40ml de água deionizada. Use com um frasco spray.

TUso Tópico: Pingue 5 gotas de OE diluídas em 1 CS de OV de pracaxi, andiroba, rosa mosqueta ou outro OV indicado.

 

 

Os comentários estão desativados.