Sálvia sclarea França 10ml

R$132,30

Em estoque

Óleo essencial da mulher

Nome científico: Salvia sclarea
Origem: França
Obtenção: Destilação a vapor
Coleção: Terra Flor Essencial 10ml
Certificação: IBD Ingredientes Naturais
Selo IBD - Ingredientes Naturais, para produtos sem aditivos.

As sálvias mudam um pouco as concentrações moleculares dependendo da região onde são plantadas, podendo também produzir variações na coloração e no aroma.
A Terra Flor comercializa os óleos essenciais de Sálvia sclarea origem Áustria e Sálvia sclarea origem França, que apresentam potenciais e recomendações de uso muito similares, com pequena variação na coloração e aroma devido a discretas diferenças na concentração molecular, sendo os dois óleos essenciais extraídos da mesma espécie Salvia sclarea.
Seu aroma aconchegante pode acalmar a raiva, inspirar a criatividade e a conexão com o feminino.
Aroma aliado das mulheres, pode ser um coadjuvante nos cuidados naturais.
Fortificante para convalescentes, seu aroma favorece o bem-estar físico e emocional.

Desaconselhável o uso durante toda a gestação, lactação e em caso de câncer dependente de estrógeno. Caso necessário, consulte um médico.
O uso excessivo pode ocasionar desconfortos.

Faça o seu Login para liberar o download
dos arquivos de cromatografia e/ou laudo técnico de análise.


Você também pode gostar de…

Sálvia sclarea – Salvia sclarea L.

O óleo essencial de sálvia sclarea é obtido através de destilação a vapor das folhas e flores da espécie Salvia sclarea. Em sua origem, “Salvia” deriva do latim e significa “salvar”, “curar”.
O gênero Salvia é um dos maiores e mais importantes gêneros aromáticos e medicinais da família Lamiaceae, conhecida como a família das “plantas curadoras”. Desde a antiguidade, a sálvia sclarea é uma das ervas medicinais mais apreciadas. Nativa dos países mediterrâneos, é amplamente utilizada na medicina e culinária, bem como em cosméticos, perfumaria e indústria farmacêutica.
De acordo com as pesquisas científicas, é reconhecida por seus potenciais antimicrobiano, antibacteriano, antioxidante, antitumoral, ansiolítico, sedativo e anti-inflamatório (1).
Para Baudoux (2018), o óleo essencial de sálvia sclarea pode auxiliar na circulação saudável, no bem-estar feminino na adolescência, menopausa ou durante o período menstrual, além de acalmar os nervos e a fadiga (2).
Na aromaterapia, seu óleo essencial é muito apreciado e recomendado para os cuidados naturais em diferentes fases da vida da mulher. Pode ser usado em massagens, oleações, fricções, escalda-pés, banhos e aromatização ambiental.

Componentes moleculares:
Álcool monoterpênico: 14,74% linalol, 0,80% alfa-terpinol;
Éster: 68,58% acetato de linalina.

Aromacologia

Óleo Essencial da mulher
Aroma doce, herbal e aconchegante, associado a sabedoria e a capacidade de promover vida longa.
Seu aroma favorece o resgate da autoimagem positiva e feminilidade, inspirando o amor próprio e o cuidado consigo mesmo. Formas de uso: ACAST
Estimula a autoconfiança nos dias de vulnerabilidade e pode auxiliar no equilíbrio do estado excessivamente emotivo. Formas de uso: ABCAS
Suas qualidades sutis dão suporte às emoções, aliviando a tristeza e favorecendo o controle emocional, coragem e boa disposição. Formas de uso: ABCCAFLMST
Associado ao frescor do OE de hortelã pimenta, pode auxiliar no controle das explosões de raiva na TPM. Formas de uso: ABCAMS
Associado ao OE de gerânio, seu aroma conforta quem passa pela “crise da meia idade”. Formas de uso: ABCAMS
Excelente OE para aromatização de salas de parto. Formas de uso: AS

Cosmética

Excelente óleo essencial para os cuidados de pele, pode ser adicionado a óleos de massagem e cosméticos em geral. Formas de uso: CMTUF
Seu aroma agradável perfuma e amacia naturalmente a pele. Ideal para peles maduras ou ressecadas, favorece o aspecto saudável e firmeza do corpo e do rosto. Formas de uso: CFLMTUF
Adicionado a shampoos e tônicos capilares, auxilia no fortalecimento do couro cabeludo e pode ser um coadjuvante na prevenção de queda dos cabelos. Formas de uso: TUC

Usos Tradicionais

Popularmente conhecido como aroma aliado das mulheres, pode favorecer o equilíbrio em períodos de transição hormonal, como TPM, climatério e menopausa. Formas de uso: ACCAMT
Seu aroma pode promover conforto e bem-estar no período após a menopausa, auxiliando no resgate do bom humor, alívio de calorões, resgate da sensualidade e da disposição. Formas de uso: BCMT
Utilizado em óleos de massagem e compressas, pode ser um coadjuvante nos cuidados íntimos femininos, circulação saudável e da fertilidade (2). Formas de uso: BACM
Seu aroma acalma o nervosismo e dá suporte após períodos de estresse prolongado. Formas de uso: ABCAFLMST

 

Desaconselhável o uso durante toda a gestação, lactação e em caso de câncer dependente de estrógeno. Caso necessário, consulte um médico.
O uso excessivo pode ocasionar desconfortos.

 

Sugestões de uso:
Fricção para aliviar pernas pesadas e doloridas: adicione 6 gotas de OE de sálvia sclarea, 4 gotas de OE de cipreste e 2 gotas de OE de menta brasileira em 30ml de óleo vegetal e aplique em cada perna. Friccione-as começando de baixo, dos tornozelos subindo em direção ao joelho e a articulação do quadril;
Fricção para pés transpirantes:adicione 15 gotas de OE de sálvia sclarea, 15 gotas de OE de cipreste, 10 gotas de OE de lavanda francesa e 20 gotas de OE de hortelã pimenta em 60ml de óleo vegetal. Aplique uma pequena quantidade desta sinergia e friccione a planta dos pés;
Fricção para mulheres maduras: adicione 30 gotas de OE de sálvia sclarea em 30ml de óleo vegetal e aplique em todo o corpo, friccionando;
Massagem capilar: adicione 4 gotas de OE de sálvia sclarea, 4 gotas de OE de lavanda francesa, 4 gotas de OE de alecrim qt. cineol em 10ml de óleo vegetal e aplique sobre o couro cabeludo, massageie e deixe agir por aproximadamente 10 minutos. Lave os cabelos em seguida;
Massagem para aliviar os desconfortos da TPM: adicione 5 gotas de OE de sálvia sclarea e 5 gotas de OE de lavanda francesa em 10ml de óleo vegetal e aplique na planta dos pés, massageando-os;
Para a alma feminina: pingue 2 gotas de OE de sálvia sclarea no colar aromático individual;
Sinergia de harmonização da sala de parto: adicione 4 gotas de OE de sálvia sclarea, 2 gotas de OE de ylang-ylang, 1 gota de OE de canela casca, 1 gota de OE de camomila romana e 2 gotas de OE de manjerona no difusor ambiental e deixe ligado por 15 minutos, desligando em seguida.

Vishwa Schoppan
Bióloga, Ecóloga, Aromaterapeuta.

Referências:

  1. Cui, Haiying et al. Antimicrobial activity and mechanisms of Salvia sclarea essential oil. Botanical studies, v. 56, n. 1, p. 1-8, 2015. Disponível em: Atividade antimicrobiana e mecanismos do óleo essencial de Salvia sclarea | Estudos Botânicos | Texto Completo (springeropen.com)
  2. Baudoux, D. Grande manual de aromaterapia de Dominique Baudoux – Belo Horizonte: Editora Laszlo, 2018. 673 p.

Legenda das Formas de Uso:

OE = óleo essencial
OV = óleo vegetal
CS = colher de sopa

ADVERTÊNCIA: teste o OE sempre que estiver sendo usado pela primeira vez. Para isso, pingue 2 gotas de OE nas axilas, na parte interna do cotovelo e atrás da orelha. Espere por 12hs e observe. Caso apresente alguma reação alérgica, não recomendamos o uso deste OE. Realize este teste mesmo se o OE estiver diluído a um veículo carreador.

A quantidade de gotas de OE sugeridas dependerá da intensidade do aroma do OE escolhido. Alguns OE possuem aroma mais intenso, utilize quantidades menores. Use sempre diluições mínimas em crianças, idosos e gestantes.

AAromatização Ambiental: Pingue mais ou menos 12 gotas de OE na água do difusor ambiental. Adicione mais ou menos gotas de acordo com a intensidade do aroma.

BBanho de Imersão (banheira ou ofurô): Para aromatizar a água do banho, dissolva de 7 até 21 gotas de OE em 3 CS de leite de côco. Adicione mais ou menos gotas de acordo com a intensidade do aroma. Dissolva a mistura na banheira ou ofurô. Nunca use OE diretamente na banheira sem diluição em veículo carreador.

BABanho de Assento: Dilua 10 gotas de OE em 5 CS de leite de côco e adicione à água fria do banho de assento.

CCompressa local com água ou argila: Pingue de 5 até 10 gotas de OE em 1 CS de OV e dissolva na água fria ou quente. Use uma toalha para fazer a compressa. Na argila, pingue 3 gotas de OE para 1 CS de argila, adicione água ou água floral até formar uma pasta consistente. Use quantas CS de argila forem necessárias para formar uma pasta que cubra toda a área a receber a compressa.

CAColar Aromático: Pingue 3 gotas de OE no algodão e acomode-o no orifício do colar. Adicione mais gotas toda vez que o aroma acabar.

EPEscalda Pés: Dilua 15 gotas de OE ou sinergia em uma colher de OV e coloque numa balde ou ofurô de pés.

FLFricção Local: Dilua de 3 até 5 gotas de OE em 1 CS de OV e fricione a área afetada.

MMassagem: Adicione de 50 a 70 gotas de OE em 120ml de OV e utilize-o na massagem.

SSpray: Adicione 40 gotas de OE de sua preferência em uma solução de 60ml de álcool de cereais e 40ml de água deionizada. Use com um frasco spray.

TUso Tópico: Pingue 5 gotas de OE diluídas em 1 CS de OV de pracaxi, andiroba, rosa mosqueta ou outro OV indicado.

Sálvia sclarea – Salvia sclarea

O óleo essencial de sálvia sclarea é obtido através de destilação a vapor das folhas e flores da especie Salvia sclarea. Em sua origem, “Salvia” deriva do latim e significa “salvar”, “curar”.
O gênero Salvia é um dos maiores e mais importantes gêneros aromáticos e medicinais da família Lamiaceae, conhecida como a família das “plantas curadoras”. Desde a antiguidade, a sálvia sclarea é uma das ervas medicinais mais apreciadas. Nativa dos países mediterrâneos, é amplamente utilizada na medicina e culinária, bem como em cosméticos, perfumaria e indústria farmacêutica.
De acordo com as pesquisas científicas, é reconhecida por seus potenciais antimicrobiano, antibacteriano, antioxidante, antitumoral, ansiolítico, sedativo e anti-inflamatório (1).
Para Baudoux (2018), o óleo essencial de sálvia sclarea pode auxiliar na circulação saudável, no bem-estar feminino na adolescência, menopausa ou durante o período menstrual, além de acalmar os nervos e a fadiga (2).
Na aromaterapia, seu óleo essencial é muito apreciado e recomendado para os cuidados naturais em diferentes fases da vida da mulher. Pode ser usado em massagens, oleações, fricções, escalda-pés, banhos e aromatização ambiental.

Componentes moleculares:
Álcool monoterpênico: 14,74% linalol, 0,80% alfa-terpinol;
Éster: 68,58% acetato de linalina.

Aromacologia

Óleo Essencial da mulher
Aroma doce, herbal e aconchegante, associado a sabedoria e a capacidade de promover vida longa.
Seu aroma favorece o resgate da autoimagem positiva e feminilidade, inspirando o amor próprio e o cuidado consigo mesmo. Formas de uso: ACAST
Estimula a autoconfiança nos dias de vulnerabilidade e pode auxiliar no equilíbrio do estado excessivamente emotivo. Formas de uso: ABCAS
Suas qualidades sutis dão suporte às emoções, aliviando a tristeza e favorecendo o controle emocional, coragem e boa disposição. Formas de uso: ABCCAFLMST
Associado ao frescor do OE de hortelã pimenta, pode auxiliar no controle das explosões de raiva na TPM. Formas de uso: ABCAMS
Associado ao OE de gerânio, seu aroma conforta quem passa pela “crise da meia idade”. Formas de uso: ABCAMS
Excelente OE para aromatização de salas de parto. Formas de uso: AS

Cosmética

Excelente óleo essencial para os cuidados de pele, pode ser adicionado a óleos de massagem e cosméticos em geral. Formas de uso: CMTUF
Seu aroma agradável perfuma e amacia naturalmente a pele. Ideal para peles maduras ou ressecadas, favorece o aspecto saudável e firmeza do corpo e do rosto. Formas de uso: CFLMTUF
Adicionado a shampoos e tônicos capilares, auxilia no fortalecimento do couro cabeludo e pode ser um coadjuvante na prevenção de queda dos cabelos. Formas de uso: TUC

Usos Tradicionais

Popularmente conhecido como aroma aliado das mulheres, pode favorecer o equilíbrio em períodos de transição hormonal, como TPM, climatério e menopausa. Formas de uso: ACCAMT
Seu aroma pode promover conforto e bem-estar no período após a menopausa, auxiliando no resgate do bom humor, alívio de calorões, resgate da sensualidade e da disposição. Formas de uso: BCMT
Utilizado em óleos de massagem e compressas, pode ser um coadjuvante nos cuidados íntimos femininos, circulação saudável e da fertilidade (2). Formas de uso: BACM
Seu aroma acalma o nervosismo e dá suporte após períodos de estresse prolongado. Formas de uso: ABCAFLMST

 

Desaconselhável o uso durante toda a gestação, lactação e em caso de câncer dependente de estrógeno. Caso necessário, consulte um médico.
O uso excessivo pode ocasionar desconfortos.

 

Sugestões de uso:
Fricção para aliviar pernas pesadas e doloridas: adicione 6 gotas de OE de sálvia sclarea, 4 gotas de OE de cipreste e 2 gotas de OE de menta brasileira em 30ml de óleo vegetal e aplique em cada perna. Friccione-as começando de baixo, dos tornozelos subindo em direção ao joelho e a articulação do quadril;
Fricção para pés transpirantes:adicione 15 gotas de OE de sálvia sclarea, 15 gotas de OE de cipreste, 10 gotas de OE de lavanda francesa e 20 gotas de OE de hortelã pimenta em 60ml de óleo vegetal. Aplique uma pequena quantidade desta sinergia e friccione a planta dos pés;
Fricção para mulheres maduras: adicione 30 gotas de OE de sálvia sclarea em 30ml de óleo vegetal e aplique em todo o corpo, friccionando;
Massagem capilar: adicione 4 gotas de OE de sálvia sclarea, 4 gotas de OE de lavanda francesa, 4 gotas de OE de alecrim qt. cineol em 10ml de óleo vegetal e aplique sobre o couro cabeludo, massageie e deixe agir por aproximadamente 10 minutos. Lave os cabelos em seguida;
Massagem para aliviar os desconfortos da TPM: adicione 5 gotas de OE de sálvia sclarea e 5 gotas de OE de lavanda francesa em 10ml de óleo vegetal e aplique na planta dos pés, massageando-os;
Para a alma feminina: pingue 2 gotas de OE de sálvia sclarea no colar aromático individual;
Sinergia de harmonização da sala de parto: adicione 4 gotas de OE de sálvia sclarea, 2 gotas de OE de ylang-ylang, 1 gota de OE de canela casca, 1 gota de OE de camomila romana e 2 gotas de OE de manjerona no difusor ambiental e deixe ligado por 15 minutos, desligando em seguida.

Vishwa Schoppan
Bióloga, Ecóloga, Aromaterapeuta.

Referências:

  1. Cui, Haiying et al. Antimicrobial activity and mechanisms of Salvia sclarea essential oil. Botanical studies, v. 56, n. 1, p. 1-8, 2015. Disponível em: Atividade antimicrobiana e mecanismos do óleo essencial de Salvia sclarea | Estudos Botânicos | Texto Completo (springeropen.com)
  2. Baudoux, D. Grande manual de aromaterapia de Dominique Baudoux – Belo Horizonte: Editora Laszlo, 2018. 673 p.

Legenda das Formas de Uso:

OE = óleo essencial
OV = óleo vegetal
CS = colher de sopa

ADVERTÊNCIA: teste o OE sempre que estiver sendo usado pela primeira vez. Para isso, pingue 2 gotas de OE nas axilas, na parte interna do cotovelo e atrás da orelha. Espere por 12hs e observe. Caso apresente alguma reação alérgica, não recomendamos o uso deste OE. Realize este teste mesmo se o OE estiver diluído a um veículo carreador.

A quantidade de gotas de OE sugeridas dependerá da intensidade do aroma do OE escolhido. Alguns OE possuem aroma mais intenso, utilize quantidades menores. Use sempre diluições mínimas em crianças, idosos e gestantes.

AAromatização Ambiental: Pingue mais ou menos 12 gotas de OE na água do difusor ambiental. Adicione mais ou menos gotas de acordo com a intensidade do aroma.

BBanho de Imersão (banheira ou ofurô): Para aromatizar a água do banho, dissolva de 7 até 21 gotas de OE em 3 CS de leite de côco. Adicione mais ou menos gotas de acordo com a intensidade do aroma. Dissolva a mistura na banheira ou ofurô. Nunca use OE diretamente na banheira sem diluição em veículo carreador.

BABanho de Assento: Dilua 10 gotas de OE em 5 CS de leite de côco e adicione à água fria do banho de assento.

CCompressa local com água ou argila: Pingue de 5 até 10 gotas de OE em 1 CS de OV e dissolva na água fria ou quente. Use uma toalha para fazer a compressa. Na argila, pingue 3 gotas de OE para 1 CS de argila, adicione água ou água floral até formar uma pasta consistente. Use quantas CS de argila forem necessárias para formar uma pasta que cubra toda a área a receber a compressa.

CAColar Aromático: Pingue 3 gotas de OE no algodão e acomode-o no orifício do colar. Adicione mais gotas toda vez que o aroma acabar.

EPEscalda Pés: Dilua 15 gotas de OE ou sinergia em uma colher de OV e coloque numa balde ou ofurô de pés.

FLFricção Local: Dilua de 3 até 5 gotas de OE em 1 CS de OV e fricione a área afetada.

MMassagem: Adicione de 50 a 70 gotas de OE em 120ml de OV e utilize-o na massagem.

SSpray: Adicione 40 gotas de OE de sua preferência em uma solução de 60ml de álcool de cereais e 40ml de água deionizada. Use com um frasco spray.

TUso Tópico: Pingue 5 gotas de OE diluídas em 1 CS de OV de pracaxi, andiroba, rosa mosqueta ou outro OV indicado.