Alecrim Pimenta orgânico 5ml

R$53,00

Em estoque

Óleo essencial REVITALIZANTE

Nome cientifico: Lippia sidoides
Origem do OE: Brasil
Obtenção: destilação a vapor das folhas.
Coleção: Terra Flor Orgânico 5ml
Certificação: IBD Orgânico e SISORG-MAPA
Selos IBD Orgânico e SISORG Orgânico do Brasil

 

Espécie originária da caatinga semiárida do nordeste brasileiro. Planta muito conhecida e usada na medicina popular regional como primeira ajuda em processos inflamatórios e para cuidados antissépticos da pele.

Uma excelente opção aromática para uso no difusor em assepsia ambiental. Seu potencial antisséptico permite ser adicionado ao álcool gel, em sabonetes líquidos e loções corporais para proteção microbiana, pois sua constituição química é propícia para sanitizar e combater a proliferação de microrganismos, como vírus, bactérias e fungos.

Possui potencial para estimular a imunidade, o ânimo e a força interior. Auxilia a revitalização energética em momentos de cansaço físico e mental. Cria uma atmosfera ambiental dinâmica de disposição e vigor.

Considerado um antioxidante, agente protetor celular.

Dermoagressivo. Não usar em gestantes, bebês, idosos e peles sensíveis

Faça o seu Login para liberar o download
dos arquivos de cromatografia e/ou laudo técnico de análise.

Alecrim Pimenta – Lippia sidoides

Selos IBD Orgânico e SISORG Orgânico do Brasil

Família: Verbenaceae.
Etimologia: nenhuma referência significativa foi encontrada na literatura pesquisada.
Origem da Planta: espécie nativa da caatinga semiárida do nordeste brasileiro.
Parte da planta utilizada: folhas.
Forma de extração:destilação a vapor das folhas aromáticas.
Característica da planta: é um arbusto de porte grande, muito ramificado e quebradiço, com folhas aromáticas e picantes, lembrando o aroma do tomilho, por sua grande quantidade de timol (mais de 60%) e carvacrol, por isso tem um incrível potencial antimicrobiano (1).
O gênero Lippia se divide em mais de 200 espécies, sendo a maioria delas nativas das Américas. A espécie Lippia Sidoides apresenta algumas diferenças na concentração molecular do seu óleo essencial dependendo da região onde cresce e floresce, pois essa planta é cultivada em diversos locais do Brasil, se adaptando bem em vários climas.
A espécie comercializada pela Terra Flor é originária da região semiárida do nordeste do Brasil e apresenta em sua constituição molecular os seguintes componentes: 22,89% de 1,8-cineol, 26,85% de carvacrol, 9,91% de para-cimeno, 2,58% de (E)- caryophileno, 3,70% de timol, 1,56% de neral e 1,55% de terpine-4-ol.

Aromacologia

Óleo essencial Revigorante

As moléculas fenólicas, de álcoois sesquiterpênicos e óxidos fazem esse OE possuir uma ação adstringente pulmonar e epitelial. Por essa razão, energeticamente, tem potencial de expelir energias intrusas.
Aroma de destaque quando usado em sinergia com outros OE para momentos em que precisamos nos afirmar, colocarmos nossas necessidades em destaque, sair da inércia e agir ou quando nos sentimos em dúvida sobre nossas próprias capacidades decisivas.
Aproveite o aroma deste OE quando a vida exigir ação, crença em nosso potencial. Use sempre que se sentir fraco e desencorajado a confiar em si mesmo.
Aroma ideal para resgatar a vitalidade, revigorar os sentimentos de força, ânimo e crenças positivas em nosso potencial criativo e realizador.
O aroma deste OE poderá também nos proteger de pensamentos negativos, da falta de coragem para enfrentar o desconhecido, do desânimo e da desvitalização energética, seja ela advinda do desgaste físico e mental por excesso de trabalho ou por pensamentos e crenças limitantes.
Adicione 5 gotas ao difusor de ambiente para renovar a energia do ambiente, trazendo revitalização para sua vida. Formas de uso: HIS

Cosmética

Potencial antisséptico, excelente opção para ser adicionado à loções e cremes para hidratação das mãos. Formas de uso: T
Para manter as mãos limpas você poderá aromatizar seu sabonete líquido com algumas gotas deste OE. O ideal é uma concentração de 1%. Formas de uso: T
Pode ser usado para aromatizar álcool gel 700 aumentando o potencial antisséptico deste produto Formas de uso: T
Poderá ser adicionado ao álcool 700 em sprays para limpeza da casa. Formas de uso: S
Útil adicionado ao gel de aloe vera para os cuidados da pele acneica. Formas de uso: T
Coadjuvante adicionado ao shampoo neutro para acalmar a oleosidade do couro cabeludo. Formas de uso: T

Usos Tradicionais

O potencial terapêutico dessa espécie pode ser comprovado pela intensa atividade antimicrobiana apresentada pelo óleo essencial, como bem demonstram os trabalhos de Lemos et al. (1990); Fontenelle (2005); e Botelho et al. (2007) – (2, 4, 3).

Este óleo essencial possui ainda atividade moluscicida contra o caramujo Biomphalaria glabra, e larvicida contra o estágio aquático do mosquito da dengue, Aedes aegyptii (Lorenzi & Matos, 2002 (1); Cavalcanti et al., 2004) – (5).

Estudos clínicos atestam o potencial bactericida em cepas de Staphylococcus aureus, outros estudos também comprovaram a eficiência deste OE na inibição do crescimento de bactérias Gram-positivas e Gram-negativas.

Concluímos com esses estudos que possuímos uma espécie em terras brasileiras muito promissora no combate a microrganismos similares aos OE de tomilho qt. timol e ao ajowan.

Este OE possui sem dúvidas um grande potencial antisséptico, tornando-o uma excelente opção antimicrobiana, antibacteriana, antiviral e antifúngica para os cuidados naturais com a pele e a proteção ambiental e corporal.

Esta planta aromática é cultivada em terras brasileiras para ser destilada em empresa nacional certificada orgânica.
O uso do óleo essencial de alecrim pimenta pela indústria farmacêutica, cosmética e da perfumaria é vista com muito apreço pela região nordestina da caatinga, pois somos beneficiados pelas propriedades terapêuticas desse óleo essencial e ainda incentivamos a agricultura local de nosso país.
O Brasil, fazendo a diferença no mundo dos óleos essenciais com sua produção nacional orgânica certificada.

Vishwa Schoppan
Bióloga, Ecóloga, Aromaterapeuta.

Referências:

1. Lorenzi & Matos. Plantas Medicinais do Brasil. nativas e exóticas. Nova Odessa: Instituto Plantarum, 2002.512p.

2. Lemos, T.L.G. et al. Antimicrobial activity of essential oil of Brazilian plants. Phytotherapy Research, v.4, n.2, p.82-4,1990.

3. Botelho, M.A. et al. Antimicrobial activity of the essential oil from Lippia sidoides, carvacrol and thymol against oral pathogens. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, v.40, p.349-56,2007.

4. Fontenelle, R.O.S. Avaliação do potencial antifúngico de óleos essenciais de plantas do nordeste brasileiro frente a diferentes cepas de Microsporium canis, Candida spp. e Malassezia pachydermatis. 2005.81p. Dissertação (Mestrado – Área de Concentração em Reprodução e Sanidade Animal) – Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza.

5. Cavalcanti, E.S.B. et al. Larvicidal activity of essential oils from brazilian plants against Aedes aegyptii L. Memorial Instituto Oswaldo Cruz, v.99, n.5, p.541-4, 2004.

6. Oliveira, F.P. et al. Effectiveness of Lippia sidoides Cham. (Verbenaceae) essential oil in inhibiting the growth of Staphylococcus aureus strains isolated from clinical material. (Atividade do óleo essencial de Lippia sidoides Cham. (Verbenaceae) na inibição do crescimento de Staphylococcus aureus isolados de material clínico). Revista Brasileira de Farmacognosia, v.16, n.4, p.510-6, 2006.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.