Coentro sementes 5ml

R$59,00

Em estoque

Óleo essencial da felicidade

Nome cientifico: Coriandrum sativum
Origem: Índia
Obtenção: destilação a vapor das sementes
Coleção: Terra Flor Raro
Certificação: IBD Ingredientes Naturais
Selo IBD - Ingredientes Naturais, para produtos sem aditivos.
Aroma doce, herbal, temperado, amadeirado.
Aroma doce, herbal, temperado, amadeirado, traz euforia ao ambiente, incitando a alegria, felicidade e erotismo.
Pode atuar como um excelente ansiolítico, acalmando a anorexia nervosa.
Revitalizante, desfaz o cansaço e o esgotamento mental, ativa a concentração e a criatividade.
Acolhe a psiquê, ampara, trazendo alegria e vitalidade.
Útil para acalmar a tristeza no período pós parto.
Estimula a criatividade e amorosidade.
Excelente opção para dispepsias.
Tônico cerebral, antidepressivo, melhora o sono.
OE “progeterone-like”.
Antálgico, acalma a dor de artrose.
Afrodisíaco.
Desaconselhável o uso durante a gestação.

Cromatografia Coentro
Lote 125

Você também pode gostar de…

Coentro – Coriandrum sativum

Coriandrum deriva da palavra grega “korium” que significa bicho, é uma alusão ao aroma repugnante da semente verde da planta.
Sativum relaciona-se ao fato da planta ser cultivada (1).
Pertence a família botânica Apiaceae, originária da Europa Oriental e Oriente Médio.
O coentro é uma planta herbácea e anual, com cerca de 50 cm de altura, raíz branca alongada e ramos delicados e ramificados. As folhas são aromáticas, verdes e de formas variadas, sendo as da base lobadas e as do ápice divididas em finos segmentos. As flores são pequenas, assimétricas e bonitas, de cor branca ou levemente rosada, e surgem em inflorescências do tipo umbela. As sementes, aromáticas também, são contidas em frutos do tipo diaquênio, esféricos, secos, ásperos e marrons.
É cultivada desde a antiguidade por suas propriedades culinárias e medicinais, é sem dúvida uma das especiarias mais antigas que a humanidade fez uso.
Foi mencionada nas escrituras sânscritas, no papiro de Ebers, no velho testamento, também foi usada na China há mais de 2000 anos.
No Egito, foram encontrados grãos de Coentro nas sepulturas do tempo de Ramsés. Os egípcios aromatizavam biscoitos de cereais com grãos de coentro, pois acreditavam que ele trazia felicidade.
Romanos e gregos aromatizavam vinho, peixes e carnes vermelhas.
Foi introduzido na Europa no séc XVIII.
Em toda a Ásia é um condimento muito apreciado.
Na Bélgica algumas vezes é usado para aromatizar a cerveja.
Muito utilizado na perfumaria masculina e também para a extração do linalol natural.
Um dos usos mais comuns do OE de coentro é para estimular o processo digestivo.

Aromacologia

Óleo Essencial da felicidade
Aroma doce, herbal, temperado, amadeirado, traz euforia ao ambiente, incitando a alegria, felicidade e erotismo.
Pode atuar como um excelente ansiolítico, acalmando a anorexia nervosa.
Revitalizante, desfaz o cansaço e o esgotamento mental, ativa a concentração e a criatividade.
Acolhe a psiquê, ampara, traz alegria e vitalidade. Útil para acalmar a tristeza no período pós parto.
Estimula a criatividade e amorosidade.
Afrodisíaco.
Formas de uso: ABCAFPIMS

Cosmética

Potencial Antioxidante. Formas de uso: HM
Muito utilizado na perfumaria masculina. Formas de uso: P

Usos Tradicionais

Em doses fracas será um neurotônico potente, apresentando ação estimulante, em doses elevadas poderá causar uma reação inversa e sedar, agindo como sonífero (2). Formas de uso: ABCAFPFVIMS

Excelente opção para dispepsias. Formas de uso: ABCAFLFPIMS

Anti-inflamatório urogenital (3). Formas de uso: BA FP

Tônico cerebral, antidepressivo, melhora o sono. Formas de uso: ABCAFLFPIMS

OE “progeterone-like”(3). Formas de uso: ABCAFLFPIMS

Potencial estimulante das glândulas tireoidianas (3). Formas de uso: ABCAFLFPIMS

Antálgico, acalma a dor de artrose (3). Formas de uso: CFLM

Segurança no Uso

Desaconselhável o uso durante a gestação.

Vishwa Schoppan
Bióloga, Ecóloga, Aromaterapeuta.

Referências:
1. Muñoz F. Plantas medicinales y aromáticas – estudio, cultivo y procesado. (4 ed.). Madrid: Ed. Aedos, 2002.

2. Bitsas A. Aromathérapie corps et Âme. (1ed.). Bruxelles: Editions Amyris, 2009.

3. Faucon M. Traité D’Aromathérapie Scientifique et Medicale Les Huiles Essentielles . (3 ed.). Paris: Éditions Sang de la Terra, 2017.

4. Worwood VA. Aromatherapy of the soul. (1 ed.). California, USA: New World Library, 1999.

5. Mandal S, Mandal M. Asian Pacific of Tropical Biomedicine. Coriander (Coriandrum sativum L.) essential oil: Chemistry and biological activity. 5(6):421-428, 2015. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S2221169115000647

Legenda das Formas de Uso:

OE = óleo essencial
OV = óleo vegetal
CS = colher de sopa

ADVERTÊNCIA: teste o OE sempre que estiver sendo usado pela primeira vez. Para isso, pingue 2 gotas de OE nas axilas, na parte interna do cotovelo e atrás da orelha. Espere por 12hs e observe. Caso apresente alguma reação alérgica, não recomendamos o uso deste OE. Realize este teste mesmo se o OE estiver diluído a um veículo carreador.

A quantidade de gotas de OE sugeridas dependerá da intensidade do aroma do OE escolhido. Alguns OE possuem aroma mais intenso, utilize quantidades menores. Use sempre diluições mínimas em crianças, idosos e gestantes.

AAromatização Ambiental: pingue mais ou menos 12 gotas de OE na água do difusor ambiental. Adicione mais ou menos gotas de acordo com a intensidade do aroma.

CCompressa local com água ou argila: pingue de 5 até 10 gotas de OE em 1 CS de OV e dissolva na água fria ou quente. Use uma toalha para fazer a compressa. Na argila, pingue 3 gotas de OE para 1 CS de argila, adicione água ou água floral até formar uma pasta consistente. Use quantas CS de argila forem necessárias para formar uma pasta que cubra toda a área a receber a compressa.

CAColar Aromático: pingue 3 gotas de OE no algodão e acomode-o no orifício do colar. Adicione mais gotas toda vez que o aroma acabar.

FLFricção Local: dilua de 3 até 5 gotas de OE em 1 CS de OV e fricione a área afetada.

FPFricção Plantar: pingue 3 gotas de OE diretamente na planta de cada pé e friccione. Para OE dermoagressivos friccione diretamente pé com pé, não utilze as mãos.

IInalação: no lenço, pingue 3 gotas de OE; no inalador própro para uso de OE, pingue 5 gotas; no pulso, pingue 2 gotas de OE e friccione com o pulso da outra mão.

MMassagem: adicione de 50 a 70 gotas de OE em 120ml de OV e utilize-o na massagem.

PPerfume: use algumas gotas de OE como perfume natural. Nunca use óleos essenciais cítricos diretamente na pele e exponha-se ao sol.

SSpray: adicione 40 gotas de OE de sua preferência em uma solução de 60ml de álcool de cereais e 40ml de água deionizada. Use com um frasco spray.

TUso Tópico: pingue 5 gotas de OE diluídas em 1 CS de OV de pracaxi, andiroba, rosa mosqueta ou outro OV indicado.

VVaporização: pingue de 8 a 15 gotas de OE em um recipiente com água quente, cubra a cabeça com uma toalha ou cobertor e inspire profundamente até a água esfriar.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.