Patchouli dark 10ml

R$61,20

Em estoque

Óleo essencial da ousadia

Nome científico: Pogostemon cablin (Blanco) Benth.
Origem: Indonésia
Obtenção: destilação a vapor
Coleção: Terra Flor Essencial 10ml
Certificação: IBD Ingredientes Naturais
Selo IBD - Ingredientes Naturais, para produtos sem aditivos.
Seu aroma almiscarado diminui a agitação emocional, aportando satisfação psíquica.
Estabiliza e equilibra a psique, pode auxiliar em caso de mudanças bruscas de humor.
Desperta a sensualidade e favorece os momentos de intimidade.
Pode ser útil para pessoas em busca da boa forma e controle alimentar.
Acrescente em cremes e óleos para recuperar a beleza da pele ressecada e desvitalizada.

Faça o seu Login para liberar o download
dos arquivos de cromatografia e/ou laudo técnico de análise.


Você também pode gostar de…

Patchouli – Pogostemon cablin (Blanco) Benth.

O óleo essencial de patchouli é extraído da espécie Pogostemon cablin, que se origina no sudeste da Ásia e Índia. Pertencente à família das Lamiaceae, as plantas curadoras, o nome “patchouli” deriva de tamil patchai (verde) e ilai ou elai (folha).
Embora seu aroma seja terroso e remeta às raízes, o óleo essencial é obtido por destilação a vapor ou hidrodestilação das folhas da planta. Seu aroma é único e marcante, indispensável nas fragrâncias masculinas e femininas e também nos cosméticos. Atualmente, cerca de 90% da produção mundial é realizada na Indonésia e representa um dos maiores volumes de vendas de óleos essenciais em todo o mundo, especialmente voltado para a indústria de perfumaria (1).
A melhor maneira de liberar as moléculas aromáticas das folhas de patchouli é a secagem e, possivelmente, também uma fermentação suave das folhas antes da destilação. Esses processos tornam as paredes celulares das glândulas mais permeáveis, tornando mais fácil a extração das moléculas para fora das folhas e sua destilação a vapor. Além disso, as folhas de patchouli requerem destilação longa, uma característica comum aos óleos essenciais ricos em sesquiterpenos. (1).
O patchoulol é o álcool sesquiterpênico em maior concentração no óleo essencial de patchouli. Ele foi identificado pela primeira vez em 1869 como o componente principal deste óleo essencial e sua composição química foi estabelecida oito anos depois, após extensas análises (1). Devido à sua rica composição de moléculas aromáticas, o óleo essencial de patchouli pode ser usado em diversas aplicações na aromaterapia e apresenta propriedades antidepressivas, anti-inflamatórias, antibacterianas e antioxidantes relatadas na literatura (2).
Sobre seu aroma peculiar, é possível observar que as qualidades aromáticas do óleo melhoram ao longo do tempo. Em “The essential oils”, livro publicado em 1949, o autor E. Guenther declara que “os óleos (de patchouli) recém destilados têm uma nota um pouco ‘verde’ e ‘dura’ que, no entanto, muda consideravelmente com o tempo. O envelhecimento do óleo por um período prolongado desenvolverá aquela nota completa, rica e quase frutada pela qual os melhores graus de patchouli são reconhecidos e tão altamente estimados por perfumistas experientes” (1).

Componentes moleculares:
Hidrocarboneto sesquiterpênico: 13% alfa-guaieno, 14% beta-bulneseno;
Álcool sesquiterpênico: 40% patchoulol, 2,4% pogostol;

Aromacologia

Óleo Essencial da Ousadia
Seu aroma herbal, almiscarado e amadeirado produz sensações únicas.
Diminui a agitação emocional, aportando satisfação psíquica.
Estabiliza e equilibra a psique, pode auxiliar em caso de mudanças bruscas de humor.
Apoia pessoas que buscam se libertar de vícios e compulsões, favorece a busca por objetivos e sonhos, estimula a coragem e ousadia para a aventura e abertura de novos caminhos.
Popularmente conhecido como estimulante da sensualidade. Formas de uso: ACAMS

Cosmética

Usado em cremes e óleos de massagem, é ideal para pessoas com pele madura, ressecada ou danificada. Formas de uso: CFLMT
Pode ser acrescentado em cosméticos para hidratação da pele, regeneração do calcanhar rachado, cotovelos ressecados, retenção de líquidos, celulite e flacidez. Formas de uso: BCEPFLMT

Usos Tradicionais

Aroma popularmente reconhecido por proporcionar bem-estar e suporte emocional.
Levemente estimulante, útil para evitar a tristeza, sono fora de hora e falta de ânimo.
Desperta a sensualidade e favorece os momentos de intimidade. Formas de uso: ABCAEPMST
Pode ser útil para pessoas em busca da boa forma e controle alimentar. Formas de uso: ACAMST
Descongestionante e tônico da circulação, fortalece os cuidados naturais com hemorroidas, varizes e pernas pesadas (2). Formas de uso: CEPFLMT

Sugestões de uso:
Óleo de massagem para firmeza e beleza da pele: adicione 20 gotas de OE de patchouli, 5 gotas de OE de anis estrelado, 10 gotas de OE de cipreste, 10 gotas de OE de limão siciliano e 15 gotas de OE de lavanda francesa em 120ml de OV de Sinergia Vegetal;
Para estimular a coragem: adicione 2 gotas de OE de patchouli no colar aromático individual;
Perfume para manter a boa forma: use o OE de patchouli como perfume e inale sempre que sentir necessidade;
Uso tópico: adicione 5 gotas de OE de patchouli em 10ml de óleo vegetal e aplique diretamente nas áreas ressecadas ou danificadas, como rachadura dos calcanhares e cotovelos.

Toxicidade: nenhuma referência encontrada na literatura pesquisada.
Recomendação especial: nenhuma referência encontrada na literatura pesquisada.

Vishwa Schoppan
Bióloga, Ecóloga, Aromaterapeuta.

Referências:
1. Van Beek, T. A.; Joulain, D. The essential oil of patchouli, Pogostemon cablin: A review. Flavour and Fragrance Journal, v. 33, n. 1, p. 6-51, 2018.
2. Baudoux, D. Grande manual de aromaterapia de Dominique Baudoux – Belo Horizonte: Editora Laszlo, 2018. 673 p.

Legenda das Formas de Uso:

OE = óleo essencial
OV = óleo vegetal
CS = colher de sopa

ADVERTÊNCIA: teste o OE sempre que estiver sendo usado pela primeira vez. Para isso, pingue 2 gotas de OE nas axilas, na parte interna do cotovelo e atrás da orelha. Espere por 12hs e observe. Caso apresente alguma reação alérgica, não recomendamos o uso deste OE. Realize este teste mesmo se o OE estiver diluído a um veículo carreador.

A quantidade de gotas de OE sugeridas dependerá da intensidade do aroma do OE escolhido. Alguns OE possuem aroma mais intenso, utilize quantidades menores. Use sempre diluições mínimas em crianças, idosos e gestantes.

AAromatização Ambiental: Pingue mais ou menos 12 gotas de OE na água do difusor ambiental. Adicione mais ou menos gotas de acordo com a intensidade do aroma.

BBanho de Imersão (banheira ou ofurô): Para aromatizar a água do banho, dissolva de 7 até 21 gotas de OE em 3 CS de leite de côco. Adicione mais ou menos gotas de acordo com a intensidade do aroma. Dissolva a mistura na banheira ou ofurô. Nunca use OE diretamente na banheira sem diluição em veículo carreador.

BABanho de Assento: Dilua 10 gotas de OE em 5 CS de leite de côco e adicione à água fria do banho de assento.

CCompressa local com água ou argila: Pingue de 5 até 10 gotas de OE em 1 CS de OV e dissolva na água fria ou quente. Use uma toalha para fazer a compressa. Na argila, pingue 3 gotas de OE para 1 CS de argila, adicione água ou água floral até formar uma pasta consistente. Use quantas CS de argila forem necessárias para formar uma pasta que cubra toda a área a receber a compressa.

CAColar Aromático: Pingue 3 gotas de OE no algodão e acomode-o no orifício do colar. Adicione mais gotas toda vez que o aroma acabar.

EPEscalda Pés: Dilua 15 gotas de OE ou sinergia em uma colher de OV e coloque numa balde ou ofurô de pés.

FLFricção Local: Dilua de 3 até 5 gotas de OE em 1 CS de OV e fricione a área afetada.

MMassagem: Adicione de 50 a 70 gotas de OE em 120ml de OV e utilize-o na massagem.

SSpray: Adicione 40 gotas de OE de sua preferência em uma solução de 60ml de álcool de cereais e 40ml de água deionizada. Use com um frasco spray.

TUso Tópico: Pingue 5 gotas de OE diluídas em 1 CS de OV de pracaxi, andiroba, rosa mosqueta ou outro OV indicado.