Tomilho qt. linalol 5ml

R$89,40

Sem estoque

Avise-me quando disponível

Óleo essencial da adolescência

Nome científico: Thymus vulgaris qt. linalol
Origem: França
Obtenção: destilação a vapor da planta florida
Coleção: Terra Flor Essencial 5ml
Certificação: IBD Ingredientes Naturais
Selo IBD - Ingredientes Naturais, para produtos sem aditivos.

Aroma herbal, doce, mais suave e menos dermoagressivo
que o Tomilho qt. timol.
Possui elevada concentração de linalol, o que o torna relaxante das tensões.
Auxilia pessoas introvertidas, adolescentes tímidos com medo e dificuldade de comunicação.
Estimula a energia vital e o ânimo do adolescente diante das tarefas.
Pode ser um coadjuvante no combate aos inimigos invisíveis.
É o quimiotipo mais seguro para o uso infantil do que o tomilho qt. timol.
Tonifica a mente e as emoções, pode auxiliar no combate aos quadros de tristeza infantil.
Alivia dores e tensões musculares e articulares.
Adicionado a cosméticos, é um coadjuvante nos cuidados da pele acneica do adolescente.

Faça o seu Login para liberar o download
dos arquivos de cromatografia e/ou laudo técnico de análise.

Você também pode gostar de…

Tomilho – Thymus vulgaris qt. linalol

O óleo essencial de tomilho linalol é extraído da espécie Thymus vulgaris L. quimiotipo linalol, que pertence à Família Lamiaceae. “Thym” provém do grego e significa “humor”.
A espécie é originária da Pérsia e do Egito. Foi introduzido na região mediterrânea pelos monges beneditinos.
Para extração do óleo essencial, é realizada a destilação a vapor das folhas e flores. Estima-se que cerca de 120 kg de sumidades floridas para cada 1kg de OE (1).
O OE de Tomilho apresenta alguns quimiotipos, variações de seus componentes químicos que ocorrem devido às suas condições ambientais (2).
Os Tomilho do litoral:
Thymus vulgaris thymoliferum ou Tomilho qt. timol: estimulante, anti-infeccioso potente, tônico geral, altamente dermoagressivo, desaconselhável utilizá-lo diretamente sobre a pele.
Thymus satureoides borneol-carvacroliferum ou Tomilho qt. carvacrol: estimulante físico e mental, anti-infeccioso, imunoestimulante, alto potencial bacteriostático, dermoagressivo.
Os Tomilho da Alta Provence:
Thymus vulgaris linaloliferum ou Tomilho qt. linalol: efeito mais calmante, antimicrobiano (bactericida, viricida, parasiticida e fungicida), cistites, vaginites, bronquites, psoríases, verrugas, reumatismos, fadiga nervosa. Possui ação suave sobre a pele.
Thymus vulgaris thuianoliferum ou Tomilho qt. tujanol: anti-infeccioso, bactericida (clamídias), viricida, imunoestimulante, hepatoregenerador, equilibra o sistema nervoso, otite, sinusite, rinite, gripes, bronquites, tendinites, suave, não irrita a pele.
Thymus vulgaris geranioliferum ou Tomilho qt. geraniol: calmante, tônico uterino e cardíaco, acne, sinusite, antimicrobiano em maior espectro.

De acordo Franchomme & Pénoël, o óleo essencial de tomilho qt. linalol tem aroma herbáceo (assim como os tomilhos qt. tujanol e terpineol) e é cultivado em grandes altitudes. É rico em linalol e acetato de linalila, com ação suave. Devido a sua composição, pode ter potencial antibacteriano, fungicida (pode ser um coadjuvante no combate à Candida albicans), viricida, parasiticida e vermífugo, também neurotônico e uterotônico (3). Pesquisas indicam que a presença do linalol, álcool monoterpênico encontrado em diversos óleos essenciais, pode potencializar a ação antimicrobiana do tomilho (4).

Na aromaterapia, é um óleo essencial presente em óleos de massagem, cosméticos, aromatização ambiental, sprays, compressas, fricções e banhos aromáticos.

Componentes moleculares:
Álcool monoterpênico: 75% linalol;
Éster: 13% acetato de linalila;
Hidrocarboneto sesquiterpênico: 2,5% beta-cariofileno.

Aromacologia

Óleo Essencial da adolescência
Aroma herbal, doce, mais suave e menos dermoagressivo que o Tomilho qt. timol.
Seu aroma traz força e coragem para o posicionamento, combate a fraqueza e a falta de ânimo, despertando o guerreiro interior.
Auxilia em momentos onde a situação parece ser intransponível ou que sentimos que não conseguiremos dar conta. Formas de uso: ACAMST

Cosmética

Adicionado a shampoos e tônicos capilares, contribui com a beleza natural dos cabelos. Formas de uso: UC
Pode ser usado em cosméticos, sprays e perfumes naturais. Formas de uso: ACBS

Usos Tradicionais

Pode ser um coadjuvante nos cuidados de saúde e bem-estar. Formas de uso: ABCCAFLMST
Em massagens e compressas, favorece o relaxamento. Formas de uso: CFLMT
Usados massagens para alívio de tensões articulares. Formas de uso: FLM

Vishwa Schoppan
Bióloga, Ecóloga, Aromaterapeuta.

Referências:
1. WERNER, M.; BRAUNSCH, R. L’Aromathérapie. Principes, Indications, Utilisations. Vigot, Paris, 2007.
2. PRICE, S.; PRICE, L. (Ed.). Aromatherapy for health professionals E-book. Elsevier Health Sciences, 2011.
3. FRANCHOMME, P., PÉNOËL, D., JOLLOIS, R. L’Aromathérapie exactement. França: Editions Roger Jollois, 2001.

Legenda das Formas de Uso:

OE = óleo essencial
OV = óleo vegetal
CS = colher de sopa

ADVERTÊNCIA: teste o OE sempre que estiver sendo usado pela primeira vez. Para isso, pingue 2 gotas de OE nas axilas, na parte interna do cotovelo e atrás da orelha. Espere por 12hs e observe. Caso apresente alguma reação alérgica, não recomendamos o uso deste OE. Realize este teste mesmo se o OE estiver diluído a um veículo carreador.

A quantidade de gotas de OE sugeridas dependerá da intensidade do aroma do OE escolhido. Alguns OE possuem aroma mais intenso, utilize quantidades menores. Use sempre diluições mínimas em crianças, idosos e gestantes.

AAromatização Ambiental: Pingue mais ou menos 12 gotas de OE na água do difusor ambiental. Adicione mais ou menos gotas de acordo com a intensidade do aroma.

BBanho de Imersão (banheira ou ofurô): Para aromatizar a água do banho, dissolva de 7 até 21 gotas de OE em 3 CS de leite de côco. Adicione mais ou menos gotas de acordo com a intensidade do aroma. Dissolva a mistura na banheira ou ofurô. Nunca use OE diretamente na banheira sem diluição em veículo carreador.

BABanho de Assento: Dilua 10 gotas de OE em 5 CS de leite de côco e adicione à água fria do banho de assento.

CCompressa local com água ou argila: Pingue de 5 até 10 gotas de OE em 1 CS de OV e dissolva na água fria ou quente. Use uma toalha para fazer a compressa. Na argila, pingue 3 gotas de OE para 1 CS de argila, adicione água ou água floral até formar uma pasta consistente. Use quantas CS de argila forem necessárias para formar uma pasta que cubra toda a área a receber a compressa.

CAColar Aromático: Pingue 3 gotas de OE no algodão e acomode-o no orifício do colar. Adicione mais gotas toda vez que o aroma acabar.

EPEscalda Pés: Dilua 15 gotas de OE ou sinergia em uma colher de OV e coloque numa balde ou ofurô de pés.

FLFricção Local: Dilua de 3 até 5 gotas de OE em 1 CS de OV e fricione a área afetada.

MMassagem: Adicione de 50 a 70 gotas de OE em 120ml de OV e utilize-o na massagem.

SSpray: Adicione 40 gotas de OE de sua preferência em uma solução de 60ml de álcool de cereais e 40ml de água deionizada. Use com um frasco spray.

TUso Tópico: Pingue 5 gotas de OE diluídas em 1 CS de OV de pracaxi, andiroba, rosa mosqueta ou outro OV indicado.